quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Poema Gotico de Emily Brontë

 photo b43169f9.gif
Eu virei quando conheceres a pior angústia,
encontrando-te sozinho no escuro quarto.
A louca alegria do dia desvaneceu-se
e baniu o sorriso feliz na noite escura e gélida .
Eu virei quando o verdadeiro sentimento do teu coração
reinará por completo, sem nada para o deformar,
e a minha influência, deslizará em ti,
agravando a desolação, gelando a alegria,
levando a tua alma.

Ouve;Aqui agora, aqui
o momento temido por ti;
não sentes lavar a tua alma
numa inundação de sensações estranhas,
sinal de alerta de um maior poder 
que anuncia o meu evento?

Emily Brontë