sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Não Perca Tempo e Faça as Suas Compras de Natal

Se ainda não fez as suas compras de Natal veja estes Artigos na minha Loja,entra estes e muitos mais...
Visite-me clicando nas imagens e irá para a Loja.
Boas Compras ,Boa Tarde e Bom Natal!!!
 

sábado, 2 de dezembro de 2017

Novos Artigos do Zazzle

Novos artigos na Loja Zazzle...estes sã apenas alguns dos muitos itens que lá pode encontrar.
Para visitar a Loja basta clicar nas imagens.
Boas Compras,Boa Noite e Bom Natal!!

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Poema-Sou a Tua Sombra

Image and video hosting by TinyPic
E quando estiveres sozinha e tenha medo, 
quando a noite está andando sem rumo no sinistro do silêncio, 
quando o ar frio bata sua pálida face e sinta o como sussurra o vento no silêncio, 
quando passar por um beco escuro e assustador, 
tão Sozinha sem companhia alguma, 
eu sei que tens medo, mas é normal,
Todos temos medo alguma vez na vida. 
Não te preocupes amada mia onde quer que vá eu vou estar lá para te proteger.
Eu sou a tua sombra.
Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Poema Gotico

Image and video hosting by TinyPic
Me deixaste só e fria
Esquecida em uma memória
Perdida
De que ainda me lembro
Do abandono ao luto
No branco frio do azulejo
Imundo
O limo que me tem por dentro
A sombra que me escorre
Pelo corpo mal iluminado
Desfigurado
Agoniza e se debate noite adentro
Me despiste de sanidade
Mas não escolheste
Bastou a distância?
O sanatório em que me enfiaste
Escolhi-o eu, pois, a insana
E vim morar na tua mente
Para sempre
Inquilina maldita e profana
E só deixarei teus pensamentos
No dia, na hora e no momento
Tic-tac-cardia
Em que te lembres do meu rosto
Que nunca mais
Em tempo algum
O teu inferno reconhecerás... 

António Corvo
Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Poema-Tenho Saudade Tuas

Image and video hosting by TinyPic
Tenho saudades tuas
Hoje voltei a acordar
A longa noite disfuncional
Entre feridas de não te ver
E um pano de lágrimas ao qual
Não solto nunca
Encontro-me cercada por
Aquela solidão de não poder
Ter você ao meu lado....
O teu amado meu, que com a sua
Sorriso acalmava minha sede
De ti....
São tão inesquecíveis os
Momentos vividos ao teu lado...
Que eu cair mais uma vez...
Entre uma mulher que te ama
E te surpreende mais uma vez por
Não ter você....
As mesmas feridas na minha pele
As mesmas desgraças que aconteça
A dor mais frequente
É o sentir a tua ausência no meu....
Ao dizer que tenho saudades que
Morro por ti, por te ver
Não é para chamar a tua atenção,
É sentir que ainda vivo, em ti
É sentir que ainda existe o
Êxtase de mim em ti....
É só que eu quero navegar
E ser feliz em seu mar de
Amor....
Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Poema-Solitario

Solitário

Como um fantasma que se refugia
Na solidão da natureza morta,
Por trás dos ermos túmulos, um dia,
Eu fui refugiar-me à tua porta!
Fazia frio e o frio que fazia
Não era esse que a carne nos contorta...
Cortava assim como em carniçaria
O aço das facas incisivas corta!
Mas tu não vieste ver minha Desgraça!
E eu saí, como quem tudo repele,
- Velho caixão a carregar destroços -
Levando apenas na tumba carcaça
O pergaminho singular da pele
E o chocalho fatídico dos ossos!

Augusto dos Anjos

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Poema-Que Nesses Dias...

Foto de Gracinha Domingues. 
Que nesses dias
Onde a paz se fez paz
Onde a dor se calou
Onde a luz brilhou e trouxe alívio

Caminho livre , observando
E descobri, que
Nada acontece por acaso
Que aquela folha ao cair no chão tem seu propósito

Que não há trevas e nem céu
Há apenas um julgamento feito por nós mesmos
Há apenas você , se libertando ou condenando
E não há dor maior

Não existe céu
Não existe inferno
Nós mesmos somos responsáveis
Por criar o nosso céu ou inferno

E nesses dias, caminho livre
Libertando- me dos pecados
De uma alma triste e assolada pela vida
Sem amor, cheia de dor e sofrimento

Naqueles dias passados
Eu não tinha pecado algum
Apenas estava carregando o fardo dos outros
Mas nesses dias, onde caminho
Criei o meu céu

JuhDorphy
 

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Poema Gotico

Enquanto dormimos vamos para outro mundo
longe da realidade, distante da verdade.
Sem vontade de acordar,
nos nossos sonhos ninguém pode entrar.
O tempo parece não passar,
a morte parece longe estar.
O desespero não consegue me sufocar,
o teu sorriso não pode me provocar.
Não quero nunca mais despertar,
Sono eterno venha me buscar.

Nimsei Way